O último lugar da terra (Expedição Patagônia)

Uma mente aventureira vaga pelas imensas vastidões de natureza selvagem quando escuta a destinação Patagônia. Geleiras, Estrito de Magalhães, fiordes sem fim, vento, montanhas e mais montanhas de pedra e gelo.

Assim sempre foi pra mim, pelo meno. Já havia explorado algumas áreas patagônicas, mas quando em maio deste ano o Caco da Selva me ligou convidando para a Patagônia Expedition Race (PER), um grande frio na barriga misturou-se ao orgulho de estar ao lado com uma lenda das corridas de aventura no evento mais espetacular e temido da Terra.

The Last Wild Race, assim é conhecida a PER. Nos próximos seis meses foi minha obsessão estar bem preparado e equipado para fazer parte desta grande aventura. A rotina de trabalho pela Brou Aventuras acabou evitando que eu chegasse à Punta Arenas na melhor forma física, mas mentalmente eu estava (mesmo?) preparado.

Além do Caco da Selva, juntou-se à equipe minha semi irmã Marianinha e de última hora, substituindo o Phil Campello (ausente por razões de trabalho), apareceu a grata surpresa Rafa Melges. Esse era nosso time, essa era minha família pra encarar o que sem dúvidas imaginava ser o maior desafio da minha vida de aventuras, iniciada lá pelos idos de 1986 com os acampamentos selvagens com o grande Vavá na querida Serra do Cipó.

Bom, esta foi apenas uma introdução desta grande aventura. Confira o relato completo acessando o link acima.